quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Estupro audiovisual

Por Nat Valarini

Tenho a impressão de que após o país ter passado por tempos difíceis de ditadura, parece que seu povo resolveu usar e abusar da tal liberdade de expressão, ou seria libertinagem de comunicação?
Todos nós temos o direito de fazer o que quisermos dentro da lei e devemos estar conscientes que arcaremos com as consequências. Por isso, defendo a idéia de que as outras pessoas não são obrigadas a compartilhar de nossas esquisitices, devemos dar a elas opção de escolha.
É como se alguns indivíduos tivessem perdido a noção do convívio em sociedade e necessitassem empurrar goela abaixo as suas vontades e, principalmente, suas perversões.
Hoje sem que se vá procurar, o explícito chega até nós e de forma invasiva, sem pedir licença através da publicidade e seus meios de comunicação ou de conversas corriqueiras entre populares. Intencionalmente ou não, os ditos-cujos cometem uma espécie de estupro audiovisual.
Estamos na era em que a informação é cada vez mais acessível, logo não preciso que um cidadão venha compartilhar comigo o novo ‘sucesso’ das bandas A, B ou C através de seu som automotivo. Mas agora é que vem a melhor parte: Nos ônibus, a nova ‘sensação’ é ligar o celular ou MP3 (no último volume) sem fones de ouvido e tocar um poupuri de músicas do tipo “Ai, eu vou gozar, vou gozar...”, “senta que é de menta”, “vou morder o seu grelinho”. Então eu me pergunto: “- Que diabos eu tenho a ver com isso? Quer ouvir lixo, ouça só para si. Ponha a po**a do fone no ouvido!”
Além do mais, não respeitam ninguém. No Distrito Federal, minha atual morada, não é difícil andar e encontrar na rodoviária local, a cada três metros, uma banca de camelô com DVD’s piratas de filmes pornôs. Venda seu ‘peixe’, mas deixar aquele tipo de mercadoria exposta aos olhos de todos, inclusive ao acesso de crianças, isso é algo com o qual eu não concordo.
É fato que a cada nova geração, os pequenos estão mais precoces, mas acredito que a descoberta da sexualidade deve ser feita de maneira natural e saudável e não dentro de um coletivo através de uma canção de banda ‘rampeira’ ou de uma fotografia de Fist fucking.
Deixemos nossas parafilias para um local mais adequado, para compartilhar com alguém que realmente queira e lhe dê consentimento. Como dizia minha avó: “- O nosso direito termina quando o do outro começa.”

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
Creative Commons License
Estupro audiovisual by Nat Valarini is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at garotapendurada.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://ocaoinfiel.blogspot.com/.

79 comentários:

  1. Gostaria de ter vivido nos tempos da Ditadura. Tudo que é proibído é mais gostoso. Isso é fato! Prova disso, é os jovens daquele tempo serem muito mais politizados e lutarem pelos seus direitos. Agora, a geração que desfruta dos resultados da luta vencida pelos seus pais e avós, não passam de um amontoado de ignorantes que não deveriam ter sequer o direito de questionar.

    ResponderExcluir
  2. Muito legal a postagem!
    Me fez lembrar de uma história:
    Um dia eu tava no busão com um amigo e entrou um arrombado cheio de querer com o celular tocando funk no ultimo volume. Aí falei bem alto pro meu amigo:
    Os japoneses inventaram um negócio muito interessante. Tem um plug numa ponta, aí tem um fio fininho que quando vai chegando na outra ponta ele se divide em dois. Nas pontas tem dois alto-falantes pequenos que cabem no seu ouvido. Voce conecta o plug no aparelho que voce tá ouvindo e ja era! Ningem mais ouve o que vc tá escutando, só vc mesmo, afinal ninguem é obrigado a ouvir suas porcarias!
    O pessoal que tava no busão deu muita risada e logico que o cidadão não gostou, mas nem me falou nada, só ficou resmungando igual o Seu Madruga...
    O caa não abaixou e ninguem mais no onibus tomou atitude, preferiu ficar ouvindo "Atoladinha", acho que o pessoal estava gostando...
    Ótima abordagem a sua!
    bjO

    ResponderExcluir
  3. Olá Nat....tenho uma filha de 10 anos e tenho muito medo da velocidade das informações.
    Por mais que eu proiba algumas coisas em casa, é na escola que o negócio pega...fico muito assustado com as coisas que as coleguinhas falam e acho que a cultura do nosso país está cada vez mais ajudando a acabar mais cedo com a inocencia das crianças.

    ResponderExcluir
  4. Isso acontece em SP também, e com cada vez mais frequência. Antes eu pensava: "nossa democracia ainda é muito jovem. É tanta liberdade de uma vez só que nós brasileiros ainda estamos nos acostumando, errando muito para um dia chegar a um equilíbrio". Pois hoje creio que 20 anos é tempo suficiente para saber até onde nós podemos ir. Já virou cultura querer se exibir por meio do barulho. Eu não sei qual é a graça, mas acredito que os grandes culpados são aqueles (aquelas) que prestam a atenção nisso.

    Outra questão que você levantou, ao da exibição de pornografia em locais públicos, é também um problema grave. Dá pra entender atráves disso porque não houve nenhuma manifestação contra as TVs que conseguiram derrubar a lei que obrigaria elas a obedecer faixas de horário para programas com conteúdo inadequado. Por que ninguém reclamou? Porque nós fazemos isso no dia a dia! O governo nada mais do que um reflexo do nosso comportamento, da nossa personalidade, tanto para o bem quanto para o mal.

    ResponderExcluir
  5. Realmente,é uma poluição sonora,visual e etc,que chega a ser grosseira !!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. SABE NAT, AS PESSOAS PERDERAM O SENTIDO DAS COISAS, VALORES, RESPEITO E TOLERANCIA, VIVEMOS AS MARGENS DE UM PAIS MARGINALIZADO, ABANDONADO PELO DESCASO PÚBLICO E SOCIAL!
    BOA PARTE DA CULPA , PODE TER CERTEZA É DO GOVERNO QUE NÃO INVESTE EM EDUCÇÃO E ESCOLAS , CURSOS E BONS SALARIOS AOS EDUCADORES...MAS INFELIZMENTE NÃO É ISSO QUE VEMOS...
    O QUE VEMOS É A CRESCENTE DEMORALIZAÇÃO E DEGRADAÇÃO DAS CLASSES.
    COM TODO O DINHEIRO QUE JA FOI DESVIADO DOS COFRES PÚBLICOS, DARIA PRA SUPRIR O NUMERO DE ESCOLAS, CURSOS E REDUZIR O NÚMERO DE ANALFABETOS DESTE PAÍS...É BRUTAL A COBRANÇA DE CARGA TRIBUTÁRIA, COM ISSO É CRESCENTE O NÚMERO DE PESSOAS QUE SONEGAM IMPOSTOS...É UM CIRCULO QUE NÃO TEM FIM E ALÉM DISSO É DESTRUTIVO PORQUE O DINHEIRO DE UMA CERTA FORMA É MAL APLICADO...
    COM ISSO FALTA , ESCOLA, SAUDE E SANIAMENTO BASICO...
    INFELIZMENTE É EXTREMAMENTE PEQUENA A CLASSE LITERARIA NESSE PAIS, QUE TEM IDEIAS , QUE PENSA E AGE A ESSE RESPEITO. MAIS DE 80% DA POPULAÇÃO NÃO SABE NEM O QUE É INTERNET...ACREDITE!
    POR QUE O LULA FOI ELEITO COM MAIS DE 70% DE APROVAÇÃO E AINDA CONTINUA EM ALTA COM ELEITOR...? POR QUE A DILMA ANDA TODA POMPOSA E BONITONA PRA SIR CANDIDATA DO LULA EM 2010 COM ESSA (COM O PERDÃO DA ESPRESSÃO) M E R D A DO PAC? PORQUE O POVO TA ACOSTUMADO COM ESMOLA, COM FEIJOADA, PINGA, CARNAVAL E FUTEBOL, ASSIM FICA FACIL ADMINISTRAR O PAIS, COMO EM ROMA OS CEZARS DAVAM PÃO E CIRCO (AS ARENAS DO COLISEU) JUSTAMENTE PARA MANIPULAR O POVO! AQUI NÃO É DIFERENTE...COM ISSO CRESCE O DESCASO DOS NOSSOS VALORES E FALTA DE RESPEITO COM OS DEMAIS...
    É LAMENTAVEL VER AS PESSOAS USAREM O ARTIFICO DE :-" A O COITADO PRECISA TRABALHAR" , - É VENDENDO ESSA MERDA DE PORNOGRAFIA NAS RUAS, VENDENDO PRODUTOS ROUBADOS E SEM NOTA COMO É AQUI NA REGIÃO QUE TRABALHO, E O ESTADO E A PREFEITURA DE OLHOS BEM FECHADOS PRA ESSA MARGINALIDADE... ESTOU MUITO INDIGNADO COM TUDO ISSO...
    AS VEZES DA VONTADE DE FAZER O PIOR...SÓ NÃO FAÇO PORQUE TENHO UM FILHA PEQUENA!

    ResponderExcluir
  7. Haha não posso negar que seu post é genial!

    Seu sarcasmo está cada dia melhor e útil! Ou seja, está a serviço do texto, para fundamentá-lo.

    Mas, em partre, discordo. Acho que a produão de 'lixo audiovisual' é melhor do que o silêncio e do que a cegueira.

    Nasci nos anos de chumbo, não os vivi em sua plenitude, mas creio que a pior das democracias ainda é mais producente que a melhor das ditaduras. Inclusive cultural.

    E tenho dito! rs

    Kiso

    ResponderExcluir
  8. concordo com você, em várias coisas, referente ao direito, sobre o descaso com os filmes pôrnos, mas ai por exemplo novelas das 8 (que começa as nove, porém em tempo de horário de verão começa às 8 em alguns estados) é quase um filme pôrno ou no minimo uma pôrno-chanchada, e tem crianças que assistem. Agora sobre a falta de qualidade das músicas..concordo com você, mas respeito quem gosta...fazer o que..

    ResponderExcluir
  9. Bem, eu, de minha parte, estabeleceria o retorno à censura. Criminalizar o incentivo a práticas abomináveis ao bom convívio social. Mas o que vende, nós sabemos, é o que é proibido e nefasto. Enquanto a elite não for a grande vítima nada vai mudar.

    ResponderExcluir
  10. As vezes vivemos realmente um estupro audiovisual, sem querer vemos e ouvimos aquilo que não queríamos!
    E tb o uso de mensagens subliminares é um exemplo de que a sociedade está meio que inerte a tal abuso. É só procurar: Mtv, coca-cola, propagandas políticas, tudo já tem se mostrado que nos estupram audio e visualmente.

    ResponderExcluir
  11. Concordo perfeitamente com a tua avó!!!
    Como o nosso país quer ser chamado de democracia se só "garante" as liberdades e os direitos, mas não defende as vítimas dos abusos?
    É isso aí. Continue assim, nota 10.
    Uma abraço da Flor do Sul.

    ResponderExcluir
  12. muio bom o seu blog, n eh muito o meu estilo, mas tah ótimo!!!Sou da comu do orkut!

    entra agora no meu ok?!?: http://www.luisfelipeblogueiro.blogspot.com/

    Valeu!

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Agora imagine aqui em SP.

    O Negocio é doido mesmo!!!
    Mas estou percebendo que alguns meios de transporte já anda tentando educar esse povo.
    No metro há publicidade solicitando que o amigo que quer escutar o seu MP3 seja somente pra ele mesmo respeitando o passageiro do lado pois ele não dever ter o mesmo gosto musical que o seu .. e am alguns onibus já esta sendo, tb, veiculada esse tipo de publicidade educativa.
    Está havendo uma evolução tecnologia e mais outras tantas e com isso novas regras e etiquetas .. ah.. vamos ser bem claros .. E educação e o respeito precisa acompanha .. e pelo visto as pessoas não se ligaram ou não tem mesmo .. infelizmente ..

    Abç

    ResponderExcluir
  15. Bela argumentação! O pior de andar no ônibus om alguém com MP3 ligado, é o dono ainda cantar junto! Pior ainda.. quando é um grupo de amigos que fazem coral junto com a porcaria da música.. é um lixo!!
    Quanto aos DVDs pornôs, realmente deveria haver mais bom senso, já que se está sendo praticado 2 crimes.. venda de produtos piratas e atendado ao pudor!
    Já que a polícia não dá jeito, cabe a nós não comprar nossos "bens de consumo culturais genéricos" em bancas que expõem esse tipo de material.
    ________________________________________________
    Visite: http://opinenoblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. única coisa que a ditadura serviu foi para espantar os comunistas...

    se nao seriamos iguais.... estaríamos dividindo a ração...rs

    ResponderExcluir
  17. vc tem razão!!! Post completamente atual!! Sua vó está certissima. rs Muitas pessoas estão cada vez mais ousadas.. e as músicas completamente pornográficas.. ¬¬

    ResponderExcluir
  18. Cara, isso aconteceu comigo tem poucos dias. Lá estava eu perdido nos meus pensamentos, quando entra no buzão uma senhora com o netinho... De repente começa aquela melodia inconfundível: "Bota aqui, bota ali, bota acolá..." E a velhota grita ultra-hiper-mega eufórica: Uhu, eu adoro essa!"
    O que mais me impressionou foi a velhinha funkeira. Nada contra velho nem funkeiro, mas... sei lá, eu não ia ficar muito confortável vendo minha santa avozinha se requebrar ao som de uma letra que faz até a Tati Quebra-Barraco ficar corada!
    Fazer o quê, né? Esse mundo tá perdido...

    Ah, adorei o selo! Que bom ser chamado de jovem, melhor ainda um jovem que pensa...

    Beijão!!!

    ResponderExcluir
  19. obrigado pela indicação do selo querida
    beijão!

    ResponderExcluir
  20. Tem um selo pendurado lá no meu Simples Assim!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Totalmente perfeito o post, retrata bem o que vivemos o dia a dia, principalmente em relação aos celulares em onibus! qm merece isssu após trabalhar e estudar o dia todo? Com musicas q ...(sem comentarios) aiai Abçs

    ResponderExcluir
  22. Obrigado pelo selo *.*
    amanha eu o posto, tah?
    =]

    e oh, eu nao sabia se tu ja tinha um outro que recebi (e postei agora) entao te indiquei ^^
    vê lá =]

    ah, e eu to apressado aqui..
    eu volto pra comentar esse teu texto logo logo
    =]

    ResponderExcluir
  23. (ei sobre o video lá, percebi o nome do seu blog, e akele juiz poderia fazer um filme com o rapaz: Garotopendurado* inversu do seu blog =D uahsaush)

    ResponderExcluir
  24. É incrível como em qualquer lugar tem um furingo com sonzinho ligado no talo. Quase tomei uma surra por causa disso, mas consegui tirar o pela saco do ônibus com funk lá no alto. agora, sem querer parecer preconceituoso, mas já sendo, já parou pra perceber que qdo o som tá muito alto, ou é Funk, pagode ou gospel? estranho, não?

    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  25. concordo plenamente, parabéns vc escreve mto bem... jah reparou q as músicas + altas são sempre as piores? e de fato eu naum tenho nda a ver com o gosto dos outros, acho essa onda de egoísmo e vontade de impor sua opinião um absurdo... eh quase como se tivéssemos voltado a ditadura, mas kda um kisesse implantar a sua... seu blog tbm está cada vez melhor...

    abraços
    http://filme-pipoca.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  26. eu assei essa postagen muito inteligente,
    digna d um grade blog,
    parabens,
    e continue divugando essas informações
    ^^

    ResponderExcluir
  27. Vc tem toda razão.De fato nossas mentes sofrem um grande bonbardeio de informações nem sempre de boa qualidade,algo que não da para negar pois envolve todos.

    http://messnatural.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  28. É o tal clichê, as pessoas confundem Liberdade com Libertinagem. Hoje em dia é "créu" pra cá, "créu" pra lá e acham bonito isso, e o pior, ligam esse tipo de música a todo volume e não estão nem aí se o resto do pessoal gosta ou não. Crianças dançam e cantam esse tipo de música e os pais ainda acham bonito. Mesmo que fosse uma música considerada de excelente qualidade, isso não nos dá o direito de enfiar goela a baixo pro resto do mundo.
    Há muito mais a ser dito sobre isso.
    Gostei da forma como tu apresenta tuas idéias.

    ResponderExcluir
  29. Censura é crime sempre...

    apesar que liberdade as vezes tb é...

    vou pensar mais um pouco...


    http://mundodrive.blogspot.com

    ResponderExcluir
  30. Acho que a Ditadura foi um atraso, mais devia ser emocionante fazer tudo às escondidas, protestar com o povo da facul e tudo mais ;)


    Mto Bom o Texto, como sempre !

    ResponderExcluir
  31. bem legal o seu texto! gostei daqui! flow...

    ResponderExcluir
  32. linda, tenho mais 2 selos para vc lá no meu blog...
    va lá e o pegue..

    ok?

    abraçaooo ^^

    ResponderExcluir
  33. A palavra estupro foi bem forte, justamente a forma certa de definir como esses meios de comunicação tem nos tratado mesmo.
    Tudo é a força, quando menos queremos.
    Parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir
  34. Bom dia Nat

    Tem selo para o Garota pendurada lá no 30 e poucos anos.

    http://algunstrintaanos.blogspot.com/2009/02/selos-memes-e-afins-adoro-premios.html

    ResponderExcluir
  35. Ual, 30 e tantos coments num é para qualquer um. Esta é uma questão interessante, eu moro em SP e as pessoas também ouvem mus alta nos transporte público, eufico P##%$ com isso, mas ja cheguei a pensar um monte de coisa, a minha sorte é que não é muita as vezes que isso acontece, mas ja tenho em mente que nem todos podem ser 'ricos' a ponto de comprar um fone de ouvido e ouvir mus alta só prova a pobreza de cada um, ja cheguei a querer pedir pra tocar um eletromusic mas antes q eu falasse, eu necessitei da saida do mesmo. Ainda quando encontrar um tonto que gasta a energia dele pro resto do pessoal, vo fik encima pra tentar ouvir uma boa música. Passando pelo Orkut.

    ResponderExcluir
  36. Concordo em genero, número e grau.
    É de uma falta de educação imensa alguem "abusar" do seu direito de "fazer o que quer", repeitar o espaço alheio além de necessário demonstra bagagem intelectual, demonstra cultura por parte do mesmo...Lamentável...

    Ótimo texto, bem escrito e expressado.

    Um Forte Abraço.

    ResponderExcluir
  37. Volto aqui para comentar aqui no blog dessa grande escritora para convidá-la para ser minha interina durante as férias do Cri-crítico.

    Será que vc me daria a honra?

    ResponderExcluir
  38. Adorei o texto!
    Realmente estamos vivendo a era dos extremos... Ou tudo se permite ou nada se pode fazer..
    Só discordo da frase que você usou sobre direitos. O meu direito não começa onde o seu termina. Eles devem oexistir ao mesmo tempo, só que pra isso é necessário que as pessoas desenvolvam uma cultura de respeito ao próximo. Coisa muito difícil hoje em dia..

    Parabéns pelo post! Acho que visitarei esse blog mais vezes.

    ResponderExcluir
  39. guriazinha - voce nunca vai imaginar o quanto admiro teu trabalho e a certeza que tenho do teu sucesso - eu luto contra o tempo e voce tem todo o tempo do mundo - quando eu tinha 16/17 anos eu fazia coisa muito pior e mais explicita...mas nos tinhamos um ideal de um mundo menos hipocrita. abraços.
    * usando fitas cassetes é logico.

    ResponderExcluir
  40. Caraca mandou bem no texto msmo
    Parabéns e a primeira vez que venho aki mas prometo voltar

    ResponderExcluir
  41. Tbm acho que estamos sendo VIOLADOS e AGREDIDOS com a falta de educação de certos... O mais foda é quando ligam essas porcarias as 5:30 da madruga, quando estou tentando pegar aquele soninho dentro do Bus... Pelo que já percebi são pessoas ignorantes com certeza menos "afortunadas", ônibus é um COLETIVO, PÚBLICO!!! O meu ouvido NÃO!!!

    ASASHAUSAHSUASHAUS

    ResponderExcluir
  42. huahauhhau, muito boa a sua abordagem!
    Aqui em Feira é a cidade da pirataria, tem um lugar que vende somente produtos importados (o povo chama de feiraguai) que vão de cds até coisas q vc nem imagina, tudo made in china. Tipo, a pirataria é algo que ajuda o artista, no começo de carreira, por exemplo, eu comecei numa banda que esta comecando agora, entao a gente vai colocar o cd no piratao mesmo, pra divulgar!
    Mas entendo perfeitamente isso de vc ser obrigado a ver e ouvir o que os outros expõem, nossa! Pra mim é um tormento os outros ouvindo música sertaneja, nossa, eu odeio akela lamentação, mesma coisa eh uma pessoa fumando, cara eu saio de junto... agora o pior é quando vc não pode sair de perto, como o exemplo de um ônibus mesmo... rapaz, é de perder a paciência. Mas fzer o que, o que voga é a tal da liberdade de expressão (e tbm a liberdade de não aceitação...)
    Vlw pela visita no blog!!
    Ah, gosto sim da área de design, descobri uma das minhas paixões... já fiz logo de três bandas por aqui, faço várias coisinhas. Qualquer dia, quiser um topo, me fala que eu te dou um de presente, ok?? Bjoooo!

    ResponderExcluir
  43. É, essa libertinagem é fruto da visão de que pai e mão não pode repreende ro filho se não, vai preso.


    É a tal da nova "psicologia-da-educação". Criando sujeitos sem regras.


    Flor, você tem alguem que escreva poesias para me recomendar?

    abraço.

    ResponderExcluir
  44. criando sujeitos sem regras, consequentemente sem a noção de "limite". é como os caras envolvidos nesses esquemas de desvio de dinheiro dos bancos: eles dizem com a cara mais lavada do mundo que "o banco paga..."

    ResponderExcluir
  45. Indiquei seu blog para dois selinhos, é só passar no meu blog pra ver.

    ResponderExcluir
  46. hahaha!

    Me reconheci bastante neste texto (principalmente por esses "cidadãos" que usam os celulares dessa maneira nos ônibus).
    Estava inclusive pensando em tratar de algo semelhante, mas me faltava um direcionamento legal como o que você conseguiu dar aqui: Assimilando liberdade de expressão, respeito ao outro. Além de demonstrar a forma com que as pessoas cada vez mais se tornam fúteis e parecem se orgulhar disso (e isso tudo com seu estilo de escrever que sempre adoro, muito pessoal e firme).

    Sinceramente, acho que as coisas estão caminhando para um rumo muito chato. Sei lá... parece haver um culto da "idiotice". Quase ninguém quer mais refletir, ninguém quer mais pensar...

    Todos querem ficar ali. Ouvindo músicas da moda, em seus celulares da moda, com sonzinho potente e demonstrando isso para outros. (Eah... acho essa uma metáfora legal da sociedade generalizada hoje em dia).


    Até mais.


    Beijo
    .

    ResponderExcluir
  47. Nat, em primeiro lugar, obrigado pelo selo e pela lembrança ao meu humilde e tosco blog! Valeu!

    Em segundo lugar, parabéns pelo seu texto, como sempre está muito bom.

    Seu texto bate em comum com uma idéia que eu tenho: não vivemos uma democracia no sentido do que ela oferece e exige de seus cidadãos ( todos, sem exceção); vivemos, sim, uma "democracia de direitos", onde só existem direitos e direitos, mas muito pouco é cobrado, muito pouco em deveres.

    Aqui em Salvador o grande sucesso é uma "música" chamada "esfrega a xana no asfalto". É isso aí mesmo: "esfrega a xana no asfalto". E a dança você imagine aí como é. Ou melhor, digite isso no youtube e terá um espetáculo deprimente. É de um "cantor" que também é autor de uma "música" que fala o tempo todo "perereca pra frente, perereca pra trás" e a dança...bem, já sabe.

    Onde quero chegar? Crianças "dançam" isso aí. E sob os olhares dos pais e das mães, que acham engraçado, que acham bonito. Meninos de 7, 8 anos "encoxam" meninas da mesma faixa etária ou mais novas ou mais velhas. O que nisso dará daqui a algum tempo? Pois é, um bebê na barriga de uma criança de 13, 14 anos.

    Aí a culpa vai ser de quem? Do governo. E quem vai ter que cuidar? O governo. A culpa é do governo que não ensinou "planejamento familiar" e "sexo" nas escolas.O governo tem que dar condições para que a menina não fique desamparada. O governo tem que dar emprego pra ela. O governo tem que... Ah, pelo amor de Deus, é por isso que eu falo, Nat: não tem governo que dê jeito nesse país, com essa consicência que há por aí.

    Vai o pai e a mãe repreender o filho ou a filha hoje...pior, vai um professor repreender. É o ECA, são as instituições de proteção à criança que aparecem, etc, etc e etc. Um pai dar uma surra no filho? Pode ir preso! Eis a nossa "era da informação": se é direitcho, todo mundo vai atrás. O que é dever, ninguém se interessa.

    Se a coisa é assim em Brasília, imagine aqui em Salvador, a "terra da permissividade", onde não há o direito à privacidade e tudo é invasivo.

    abs e desculpe o longo comentário!

    ResponderExcluir
  48. parabéns, tenho mais um selos para vc, esta lá no meu blog, eu estou postando hj pq se naun eu esqueço... bom, o selo é “melhor texto de fevereiro”...
    entre em meu blog e o pegue.... lembrando, agora vc terá que copia as regra e cola em teu blog assim como a imagem, e indicar mais 5 (cinco) outros textos, que na sua opinião seja os 5 melhores que vc já tenha lido em fevereiro, e eles farao o mesmo, só vale texto publicados em fevereiro...
    qualquer duvida me procure ^^

    parabéns!!! \\o lol o//

    ResponderExcluir
  49. Gostaria de cumprimentar a NAt, pelo blog e apresentar a rede aan! como uma das boas coisas que acontece no mundo da WEB, pois incentiva o pensamento engajado e compromissado com a arte, cultura e bons costumes, assim como seu blog.
    A rede aan! seria o lado funcional da comunicação que interage com o mundo da arte.

    abços!
    Demétrius Cotta
    www.aredeaan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  50. Caraca..que texto bem escrito!e o tema absolutamente apoiado por mim..e acho q nao sou a unica!e realmente as crianças hj em dia sao abusadas nao só auditivamente pelo sexo..
    beijO vou te linkar!!

    ResponderExcluir
  51. a falta de respeito para com os ouvidos alheio deveria ser crime, com pena finaceira (nao cabe mais ngm nas penitenciarias), ate pq quando mexe no bolso a galera se toca..
    =]


    www.thiagogaru.blogspot.com

    ResponderExcluir
  52. Não sou dos que acreditam que a repressão imposta pela ditadura é a solução... mas também nao acredito que a liberdade de expressão trazida pela democracia deva ser (ab)usada sob o pretexto de que podemos fazer o que quisermos e a hora que quisermos. Viver em sociedade impõe grandes deveres - o maior deles, respeitar os outros acima de tudo. Todos tem direito a ouvir o que se quer e o que se gosta, mas também todos tem direito a não ouvir a mesma coisa. Pior do que quem liga seus mp3 sem fone nos ônibus, são as empresas de ônibus que ligam o "som ambiente" e os passageiros são obrigados a viajar ouvindo o estilo musical que o motorista mais gosta. Boa postagem... como sempre é gratificante vir aqui ler.

    ResponderExcluir
  53. Tenho um selo para vc lá no meu blog "Frieds" ... entre lá e o pegue...

    Abraço!

    ResponderExcluir
  54. Pois é.
    O debate sobre isso é complicado.
    Mas me preocupa muito qualquer tipo de opressão, repressão ou censura prévia.
    Quem é o carrasco?
    Quem é o censor?

    Na verdade o seu texto não tem a ver com liberdade ou libertinagem.
    Tem a ver com a falta de fiscalização, emprego e educação que leva sujeitos a venderem este tipo de material, produzirem este tipo de música e, last but not least, alimentar este tipo de indústria.

    Todo mundo faz, gosta e pensa em sexo.
    Todo mundo precisa preservar a família e os costumes para que a gente não perca o norte.
    Econtrar um esquilíbrio entre os dois acho que é bacana.

    Agoar, como bom opinador e bedelhudo, acho que quando vc coloca que as palavras foram cuspidas por você, fica uma rebeldia juvenil demais e o texto acaba por perder um pouco da sua força opinativa.

    Cuspir não.
    Escrever sim.
    É sempre mais rebelde.

    beijos se for de beijos.
    Abraços se for de abraços!

    http://martonolympio.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  55. Infelizmente não tenho como descordar de você!

    A contemporaneidade trouxe coisas boas como por exemplo a total liberdade de expressão, por um lado, essa liberdade acaba saindo muito fora dos eixos afetando novas gerações na banalização dos fatos! Além é claro, da forma grosseira e esdrúxula de tratar de assuntos baixos com uma pura iniciativa comercial!

    Lamentável

    ResponderExcluir
  56. Urgente!!!!!

    Você recebeu um selo “Melhor Texto de Fevereiro” no ultimo dia 14/02...
    Avia algumas regras, mais tais regras foram canceladas, você deveria indicar mais 5 (cinco) texto, NÃO a mais esta necessidade...

    Repetindo, não precisa indicar mais nenhum texto.
    Apenas mostre o selo que você ganho em seu blog, nada a mais do que isso...


    Caso já tenha indicado algum outro blog, me avise urgentemente...


    Qualquer duvida me fale!

    Desculpe-me o incomodo ^^

    Obrigado!

    ResponderExcluir
  57. primeiramente, gostaria de agradecer pelo selo que vc indicou! :D

    qto ao post... parabéns!! outro texto mto bom...

    é simplesmente um saco vc chegar no ônibus, sentar-se e começar a pensar na sua vida e, de repente, alguma pessoa coloca uma trilha p/ vc pensar nisso... trilha, aliás, mto desapropriada para a ocasião! e olha que não é só o funk que vc citou... tem tbm aqueles que querem raves no ônibus, não? é um saco!! as pessoas não sabem mais respeitar o direito dos outros de querer... "silêncio" (o silêncio possível, pelo menos... hehe)

    os camelôs... pior ainda! além disso que vc citou (expor as imagens), sou totalmente contra a pirataria >.<

    mas como vc disse... a liberdade de expressão subiu na cabeça das pessoas como o rio tietê sobe na chuva aqui em são paulo =P (adorooo essas comparações! heauhe)

    bjos!

    ResponderExcluir
  58. olA
    TU VISITOPU MEU BLOG...MAS ERA UM BLOG DESATIVADO..

    LOUCONAUSOUEU....
    HEHEHE

    parabens pelo blog..tu escreve pra algum jornal ??
    é´´ee liberdade de expressão é bm mal interpretada...mas
    é como diz a lei...absoluta ??ou relativa....a liberdade d expressão é respeitada?...
    é 100% colokada em pratik..ou relativa,,,?
    esbara em outros direitos e deveres....em propinas...em licitações....em poderes e poderosos...


    primeira vez aki . ..

    DESCURPE A "CAGADA"
    e t convido a ir no meu..

    www.bagageirodocurioso.spaceblog.com.br

    será bm vind lá

    abraço e boa semana com carnaval a vista!

    ResponderExcluir
  59. Oi Nat!!!

    Tem presentes pravc lá no blog!!!

    Passa lá!

    Beijão

    ResponderExcluir
  60. Olá, Nat!
    Há algum tempo, venho lutando para que o sexo não seja um tabu, para que seja considerado algo natural... E quando pensei que isso estivesse em vias de tornar-se real, percebi, bem como você, que o sexo está sendo banalizado.
    triste.

    ResponderExcluir
  61. pó para com pó... pó para com pó ae!

    ResponderExcluir
  62. Na maioria das vezes dizemos que a falta de tempo nos prejudica, a realidade não é essa, o universo não para, assim o faz sempre nos ajudar, se hoje não tive tempo de fazer algo, saiba, isso tem um significado benéfico para ti, mesmo que não possa parecer...
    Somos donos de nossas próprias vidas, mais o tempo esta ali para nos auxiliar, mudar o rumo de nosso caminho caso aja a necessidade.

    Parabéns pelo selo ^^

    abraçao

    ResponderExcluir
  63. E eh engracado pensar que, eh justamente o misterio, o mostra-esconde que mais fascina!

    Nat, brigado por ser uma das pessoas que mais comentam no meu blog! Tem presentinho pra vc la!
    Se interessar entra la que te indiquei pra um selo =)
    Abracos!

    www.box81.blogspot.com

    ResponderExcluir
  64. Olá

    Socialmente falando, penso que ditadura, seja ela de esquerda ou direita, será sempre prejudicial e, quando acaba, deixa sequelas profundas, principalmente quando ela se perpetua por vários anos.

    Culturalmente falando, acho que o gosto musical de cada um é algo inquestionável, cada um tem o seu. Agora, forçar outras pessoas a ouvir o que você não gosta é pura falta de educação.

    Beijão.

    ResponderExcluir
  65. eu gosto de putaria descarada. nao tenho falsos valores. nunca me reprimi. este tipo de midia me da vontade de vomitar. talento é o que nao te falta. abraço.andré.

    ResponderExcluir
  66. Ah, eu sei bem o que é isso! Aconteceu algo muito parecido comigo, rsrs... Bom, eu também tava ouvindo mp3 sem fone, mas era Coldplay! (não que isso retire a minha culpa, rsrs)

    Acabei de postar o selo q ganhei de vc. Passei um tempo afastado da blogagem, espero q isso não volte a acontecer.

    Abração!

    ResponderExcluir
  67. Bem legal o seu blog! A parti de hoje estou companhado.

    Me acompanha também!

    http://enigmasnoassunto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  68. Otimo post... Realmente existe mta porcaria tocando nas radios e passando na tv... Oq podemos fazer em relação a isso é oq eu lhes pergunto???
    Bom eu particulamente qdo não gosto do q vejo na tv eu desligo qdo não gosto do q escuto mudo de radio e vou ler um livro.
    Infelismente essas porcarias existem poq pessoas acompanham isso, poq oq não da ibope não fica na midia... Ai está o conceito e os principios de cada um.
    Qdo me revolto mto com uma situação eu protesto!
    É oq a juventude tem q fazer... Tem q protestar tem q boicota... Ir a luda poq espera não é sabe quem sabe faz a hora não espera acontece...É bem assim que as mudanças acontecem

    Bjokasss... Belo texto e desculpe a invasão... Adorei seus textos e vou acompanha seu blog

    ResponderExcluir
  69. Uma pergunta:
    o blog 'O cão infiel' acabou?

    ResponderExcluir
  70. Tenho um Selo “Este blog é um presente” lá no meu blog para vc...
    Pegue-o lá...

    Abraço ^^

    ResponderExcluir
  71. "Libertinagem de expressão"... já valeu a visita.

    ResponderExcluir
  72. tenho mais um selo para vc lá no meu blog: "Este BLOG dá-me ENERGIA!"

    entre lá e o pegue!

    Abraço ^^

    ResponderExcluir
  73. Sem duvidas de que esse foi mais um post super interessante! ;D
    éé lamentável ver que as pessoas fizeram do fácil acesso à comunicação e da disponibilidade de tecnologia, um monstro... Que nos incomodam nos onibus, nas ruas, na tv, em todo os lugares.

    http://rafaboamorte.blogspot.com ;D

    ResponderExcluir
  74. Olá Nat.
    Sem querer desmerecer os outros trabalhos, mas achei este seu texto fantástico. O assunto e a sua forma de explaná-lo. Para mim, você ficaria, de longe, com o primeiro lugar!

    E por falar nisso, aparece lá na minha última postagem e dê sua opinião. Não é exatamento o que você fala aqui nesta postagem, mas é exatamente sobre o que você fala.

    Beijos e parabéns pelo texto e a premiação.

    http://blogdaberenice.blogspot.com/2009/03/biblioteca-de-kansas.html

    Berenice

    ResponderExcluir
  75. Gostei muito do seu texto!!!

    E concordo com cada palavra.

    É realmente absurdo que transeuntes inocentes sejam "estuprados audiovisualmente", muito boa essa colocação, gostei da expressão. Acredito que irei usar sua criação qualquer dia (espero ter permissão antes, ok?)

    Abraços a todos...(NOT!!)

    www.redlavor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  76. P.S.: Gostei muito do seu blog!!! Comecei agora mas o que já li me agradou muito!!! Parabéns!!

    www.redlavor.blogspot.com

    ResponderExcluir

EVITE ENTRAR PARA MINHA LISTA DE DESAFETOS:

Por favor, não gaste o meu tempo precioso, fazendo com que eu leia comentários do tipo "- Legal, passe lá no meu blog!", "Muito bom, adorei!", "Lindo seu blog, visita 'tá?'", "auhuhauhau" ou coisa parecida.

Não busco impressões de alguém que escreve como quem tem uma ejaculação precoce!

Kiso