segunda-feira, 13 de abril de 2009

Dancing in the rain: sapateia candangada!

Por Nat Valarini

Se praia de paulista é o Ibirapuera, o candango tem o seu point urbano também: a avenida W3 (uma das vias mais movimentadas de Brasília). Do nada, em pleno asfalto, pedestres e motoristas contam com uma bela vista repleta de gente bonita em meio a ondas e correntezas. Com as últimas chuvas, os alagamentos roubaram o posto de área de lazer do Lago Paranoá. Agora, os moradores do Distrito Federal não podem reclamar que faltam opções.

Bastam algumas nuvens carregadas, para que os brasilienses e demais habitantes desta ‘ilha’, saquem seus guarda-chuvas e comecem a sapatear, imitando os passinhos de Gene Kelly no clássico ‘Singin' in the Rain’ (‘Cantando na chuva’). Aqui, na realidade, está mais para Dancing in the rain (Dançando na chuva – no mau sentido, please!). Ornamentadas com galochas para driblar a água suja, as pessoas atuam no espetáculo do caos. É a vida imitando a arte só que, com muito menos glamour e muito mais efeitos especiais!

Logicamente, parte do problema é causada pela população sebosa, pois a maioria das bocas de lobo está entupida pelo lixo que é jogado ao chão e arrastado até estes escoadouros, impedindo a passagem da água. A outra culpada pela fúria de Poseidon e sua vingança aquífera, é a administração de Brasília e, por que não dizer, o GDF (Governo do Distrito Federal) que estão devendo, há tempos, uma manutenção decente e a ampliação da rede de águas pluviais das cidades satélites do DF.

Brasília é uma jovem senhora que está prestes a completar seus 49 anos de existência em 21 de Abril de 2009, mas já apresenta problemas de saúde dignos de uma anciã. Esta terra, mais famosa pela seca intensa, com toda a certeza, não passa por enchentes graves se a compararmos a metrópoles como São Paulo e Rio de Janeiro que tem um relevo bem distinto. Entretanto, eu pergunto cá aos meus botões abertos:

- Será que é preciso deixar que o problema evolua de tal maneira que precisemos, num futuro próximo, receber doações como a população desabrigada pela chuva de Santa Catarina?

Exagerada, eu? Nem tanto!

A questão do aguaceiro ainda não foi resolvida, pois, segundo as autoridades, eles estão aguardando o fim das chuvas para tomar as devidas providências. Porém, quando chega a estiagem, nada é feito e a cada ano o problema está se alastrando e alagando o cerrado na época de chuva. O grande lance é se antecipar aos acontecimentos e cessar o problema enquanto ele ainda é ‘uma criança’. Particularmente, gosto de pessoas precavidas. Aquele papo de ‘não vou comprar camisinha porque acho que não vou dar hoje’ é a maior furada. Com relação, principalmente, à força das águas, eu não gostaria de ser pega desprevenida!

O fato é que a estrutura local foi construída para suportar uma demanda de quinhentos mil habitantes, mas já temos dois milhões e quinhentas mil pessoas pela vizinhança; graças, em parte, ao ex-governador, Joaquim Roriz, que em seus mandatos anteriores, saiu distribuindo terrenos desordenadamente, numa manobra eleitoreira. Mas isto já é assunto para outra postagem.

Mudando um pouco de assunto... Senhor governador, José Roberto Arruda, cadê o din-din dos meus impostos? Hum?!

Fotos de Brasília: Marcos Valarini


Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
Creative Commons License
Dancing in the rain: Sapateia Candangada! by Nat Valarini is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at garotapendurada.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://garotapendurada.blogspot.com/.

47 comentários:

  1. "São as águas de março fechando o verão..."
    Epaaa...
    Março acabou a muito tempo.... abril chove?
    Agora chove, graças ao aquecimento global.
    Modismos a parte (brincadeirinha), vc está certa. As 'otoridades' devem ver isso com maxima urgencia.
    Sorte que vcs não tem morros por aí. Aqui, qdo chove, sempre tem 'corrida de barracos' [humor negro mode off]
    Beijosss

    ResponderExcluir
  2. Ah mas é brabo heim... é sempre essa mesma ladainha: vamos esperar o fim das chuvas para solucionar os problemas??? Que isso... por favor né, é por causa de políticos assim que esse país não vai pra frente e o Brasil fica sempre no 0X0. e o dindin dos teus impostos devem estar sendo muito bem empregados em algum projeto privado de político safado e sem caráter, porque, com certeza, em obras para melhorar a vida do povo é que esse dinheiro nao deve estar indo...
    beijossss

    ResponderExcluir
  3. Rindo muito aqui... Rsrsrsrs!

    Com certeza, falta o glamour que sobrava ao Genne Kelly... Você sabia que aquele aguaceiro todo gastou litros e litros de leite? Pois é... Quem pensava que o velho e bom Gene dançava debaixo da chuva se enganou... O correto seria "Sing'n'the... Milk"! Rsrsrsrs!

    Agora sério: eu fico pasmo como neguinho paga pra ver, né? É o que você falou: o pulo do gato é se antecipar ao que possa vir de pior. Mas a impressão que tá é que nossas autoridades estão nem aí...

    E você, como foi de Páscoa?

    Abração!

    ResponderExcluir
  4. Menina,

    O pior é que é como você falou: a população mesmo é que joga lixo nas ruas, o mesmo lixo que vai impedir o escoamento das águas. Depois, ficam reclamando.

    Penso que enquanto não houver conscientização, pouca coisa poderá ser feita.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  5. Boas noites querida!

    Acho que você pede demais aos nossos nobres governantes ( sejam lá de que estado, cidade ou partido sejam). Medidas preventivas e planejamento? O único planejamento que eles conhecem é o plano de viagem para a Europa ou Miami...

    Em breve, terá notícias de Salvador...encostas desabando, gente perdendo tudo com as chuvas, enfim, a mesma história de sempre. Mas como o prefeito daqui prefere investir no carnaval e o povão gosta disso, fazer o que?

    XXX4U!

    ResponderExcluir
  6. É impressionante como as coisas se repetem em lugares totalmente distintos. Li o seu post lembrando da situação da minha cidade (João Pessoa) que parece ser exatamente a mesma. A falta de planejamento e de uma política para o crescimento tem efeitos visíveis, sem falar na velha contribuição da falta de educação.
    A situação causa um tanto de desespero, pois é como ver uma tragédia anunciada. Os nossos representantes parecem levar a sério o dito popular que diz que "só se fecha a porta depois de roubado".

    Bom, mais uma vez, parabéns pelo blog... e obrigado pela ilustre visita. Esteja a vontade para voltar quando quiser! (risos)
    Abraço

    ResponderExcluir
  7. Aqui na minha cidade o problema estamos começando a viver um problema semelhante. O tempo aqui em SC é louco. Em SC neva, dá furacão, tornado, enchente, seca (na região oeste) e já teve prédio sendo evacuado devido a um suposto terremoto (parece que esse terremoto foi sentido em SP também).

    Então. Agora a cada chuva forte as ruas alagam e volta e meia entra água aqui dentro de casa. Não chega a entrar muita água. Não passa de 3cm, mas já é o suficiente para seremos obrigados a levantar a mobília e limpar a sujeira quando a água desce.

    Assim como o GDF, o prefeiro de Palhoça não dá a mínima para o problema pois não é a casa dele que vai ser alagada mesmo...

    ResponderExcluir
  8. O filha, pelo menos uma dose de humor nessa tragédia que ta sendo esses tempos né?
    Se bem que enquanto dançavam, deveriam limpar os bueiros né?? A começar com o GDF...
    KKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  9. Trata-se um efeito cadeia... A população ignora suas resposnabilidade cidadãs de jogar o lixo no lixo, o governo ignora a necessidade de ampliação e restauração de redes pluviais e, a chuva, aquela que deveria ser a inocente da história, acaba sendo a grande culpada, a responsável pelos danos, pelas enchentes... A propósito, no Youtube, tem um vídeo muito engraçado gravado aí em Brasília após uma grande tempestade que alagou diversas ruas da capital federal... O nome do vídeo é O HERÓI LEÔNIDAS FONTES... Hilário, por sinal! lol

    ResponderExcluir
  10. Querida! Seu blog é espetacular. Parabens

    http://peoplehey.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Concordo com muito do que já disseram, esse lance de esperar a chuva passar pra resolver os problemas é um absurdo.

    "Senhor governador, José Roberto Arruda, cadê o din-din dos meus impostos? Hum?!"
    uahauahha
    Mto bom!!!

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Nat
    O que mais me fascina na blogosfera é ler posts como esse, que me transportam imediatamente para o local descrito pelo blogueiro.
    Sou paulistana e meu marido músico, fez um disco inteiro para a cidade, incluindo os dilúvios daqui.Comprei até uma galocha toda ornamentada rsrsrs
    bjs

    ResponderExcluir
  14. Bom Dia garotinha.

    Curti seu post, me identifiquei bastante, principalmente na parte que diz que o Ibirapuera é a praia dos paulistanos, pois é, ela é minha praia diariamente, todo dia estou lá fazendo meu cooper em volta do lago...
    É engraçado, quando estava lendo seu post me transportei fielmente a leitura de forma que parecia que eu ja vivi aquilo ali...rs
    Pena mesmo são as enchentes que tm por samapa, graças a deus eu moro em prédio e o lugar ond emoro não alaga...rs;.;;;
    Parabéns beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi Nat!
    Seu dinheiro está na Suiça, nas Bahamas,Ilhas não sei das quantas...
    Nosso país vai ter quese acostumar a viver ilhado! De norte a sul toda chuva está causando pânico e destruição.
    A saída é os governos desde o municipal até o federal se mobilize pra resolver isso aí, seja com obras e com campanhas pra enfiar na cabeça do povão que não se deve jogar lixo na rua senão suas coisas vão ir embora junto com a enchente.
    Aqui onde eu moro não tem enchente, ate disso somos excluidos! Mas o centro da cidade alaga e ninguem se locomove dentro da cidade, é um caos!
    Fala pro Seu Arruda distribuir galhinhos de arruda pro povo se benzer enquanto elenão resolve isso aí!
    bjO

    ResponderExcluir
  16. Não consegui descobrir sua idade e formação, mas chutaria que vc é jornalista e fã do Arnaldo Jabor... rs
    Gosto do seu jeito de escrever, vc consegue ser objetiva, informativa e crítica...
    Agora comentando o post: Eu penso que um dos nossos grandes problemas é o hábito abrir mão de algo seguro que será benéfico em longo prazo para curtir um orgasmo em curto prazo... Pra mim o ponto fundamental desse problema foi a formação desordenada da população fruto de interesses eleitorais isolados, como vc disse no texto.. Essa falta de planejamento e visão de futuro é um veneno perverso... Em todos os sentidos seja nas finanças pessoais, na política, com a natureza, com a saúde... Enfim... Que aprendamos a agir localmente e pensar globalmente!
    Beijo pra vc!

    ResponderExcluir
  17. tenho um amigo que joga lixo na rua e quando vamos reclamar com ele o individuo diz: "se eu nao jogar esse lixo no xão o gari perde o seu emprego", é aquela falta de educação misturada com uma cabeça de vento... ai quando o bairro dele ta la alagado vem e reclama do governo... ai perguntamos a ele pq os boeiros entopem e ele tem a cara de pau de dizer que é pq os garis nao fazem o seu trabalho a tempo... para voce ver a mentalidade de muitos por ai...
    mas mudando de assunto, seu blog é muito bom de ser acompanhado e por isso vo acompanhar e linkar ele valew...

    ResponderExcluir
  18. se blog eh muito bom
    xD
    gostei d+
    da postagen
    xD

    se puder
    http://sonabrisa.nomemix.com/

    ResponderExcluir
  19. ótimo blog!

    voltarei sempre!

    ^^

    visite:
    http://webfuel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Olha Nat lendo seu texto, pude ver SP ai, estranho que tudo seja igual em qualquer lugar do Brasil.
    Os impostos? Ahh estes estão muito bem guardados.
    Resolver o problema antes que tenhamos que receber ajuda?? Ahhh isso fica pra depois, é sempre assim, tanto ai quanto aqui o que predomina é o levar com a barriga.

    Uma pena!!

    Forte abraçoooooooo

    ResponderExcluir
  21. O problema da chuva não é só de Brasília não...vários estados estão sofrendo com o problema das inundações, do excesso de lixxo e da ocupação desordenada do solo....e o governo ??? Arrecadando e gastando com passagens e maracutaias eleitorais !!!!

    ResponderExcluir
  22. Nunca andei por Brasília em épocas chuvosas. Adoro essa cidade! A Praça dos Três Poderes é lindona... e é lamentável esse descaso todo das 'otoridades' por ela.

    Quanto às praias de SP, eles também têm seus próprios points urbanos... a Avenida Paulista, por exemplo. Sempre alagada :-P

    O dinheiro dos nossos impostos? Bem... se não me engano, os parlamentares federais se concederam aumentos salariais recentemente, né não?

    ResponderExcluir
  23. Quer saber mesmo onde está o dinheiro dos impostos, bem?

    ResponderExcluir
  24. poxa eu ia citar o exemplo que meu filho citou ai em cima o "Gabriel Messias"... mas vamos la... o governo muitas vezes nao faz melhorias mesmo sabendo os pontos fracos que a numa cidade e juntando as pessoas sem maturidade de enchergar a necessidade de ter uam cidade limpa causa muitas coisas as vezes grave...
    voce nao é exagerada... pois é desde cedo que temos que ver os erros e prioridades para ter um futoro mais tranquilo. abraço

    ResponderExcluir
  25. Acredito que todas as capitais do país vivem o drama do saneamento básico e das enchentes. Aqui em Belém, para piorar, não existe vias de escape e com as enchentes que alagam praticamente toda a cidade, fica tudo um caos.. ninguém merece isso..


    bjos!

    ResponderExcluir
  26. O mundo realmente é injusto ne ?Enquanto aqui em Aracaju, ta rolando racionamento de água por causa da falta de chuvas, Brasília ta se afogando.Acho que como vc mesma falou é uma situação que se a população e o governo trabalhassem juntos, poderia sumir, ou diminuir bastante, jogar lixo na rua é coisa de gente porca, eu posso colocar no bolso, ficar com a lata na mao, fazer o diabo, mas não jogo na mão.Quero conhecer Brasília antes de morrer.

    P.s. Via muitas pessoas falarem muito bem do seu blog, mas nunca dei uma passada direito aqui, mas to começando a me encantar também com a garota pendurada, Bjo e Boa semana

    ResponderExcluir
  27. O único lugar q não enche com chuvas no Brasil é o semi-árido....



    bjos e vlw pelos comentários...

    ResponderExcluir
  28. mas é assim... quanto mais as cidades crescem mais solo é impermeabilizado e pra onde essa água toda deve ser escoada?

    ResponderExcluir
  29. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  30. Tudo que vai volta neah?? A gnt tava usando e acabando c/ todos os recursos... Derrubando o que vinha pela frente p/ construir nossas ilhas de concretu... agora que as consequencias tão aparecendu bate o deseperu....
    Eh xuva qnd num deveria, eh seca qnd num era p/ ter.....
    Fazer oq?? =/

    ResponderExcluir
  31. É aquela história: "quem não tem cão..."
    a galera fala muito das enchentes de São Paulo, mas este ano principalmente alguns bairros têm sofrido muito aqui no Rio. e o pior é que falta água, não importa se há muita ou pouca chuva. é o brasil!
    Vai nessa!

    ____________
    Adorei seu comentário. comente sempre. Aliás, tá sabendo da promoção? Leia lá!
    http://bemcontar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  32. Esse é um problema em todas as grandes cidades, os governantes não fazem o que deveriam fazer, o povo por sua vez também não jogando papel, garrafas de água e refrigerante e outros entulhos entupindo as bocas de lobo.
    No final das contas de uma maneira ou de outra todos pagam pelos erros.

    ResponderExcluir
  33. Ainda tem gente que finge não perceber o quanto o clima mudou e está mudando. O aquecimento global continua, vemos a cada ano as consequências, chuvas maiores e mais fortes, secas tbm,rsrs

    ResponderExcluir
  34. Temos aí dois problemas que se juntam para a nossa desgraça. De um lado uma população mal educada que joga lixo nas ruas e do outro o (des)governo que só age depois da desgraça feita. Infelizmente essa é a realidade brasileira.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  35. Hihi, coitado do governador, a orelha dele já caiu essa hora, de fervendo que estava. UAHSUHAUSH

    Mas concordo devemos reinvidicar pelos nossos direitos. Perguntar ofende, às vezes, fazer o q neh?!, kkk

    ResponderExcluir
  36. As autoridades não fazem porra nenhuma, mas o povo também é relaxado. Olha o impasse!
    Aqui em Pelotas mesmo, ô povo relaxado, viu? Como tem lixo. Cai uma chuvinha e já alaga. Aliás, a zona onde moro sofreu com duas enchentes terríveis. Uma esse ano. Tive duas amigas que tiveram de deixar suas casas com água até a cintura. Foda. Triste. Não dá nem pra culpar São Pedro. Ele não tem culpa que as pessoas (povo e autoridades) vivem numa reação em cadeia de porquices.
    Beijos Nat!!

    ResponderExcluir
  37. Nossa os caras vao esperar as chuvas acabarem para tomar providencias?
    se chuvesse o anoo todo a gente tava ferrado entao

    ResponderExcluir
  38. Adorei o Blog
    Bom mesmo XD

    http://celtasim-h.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  39. Adorei seu blog :)

    Aliás, já li Coração de Tinta! Muito bom.

    http://programasinteressantes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  40. Achei muito legal este post, Nat.

    Principalmente por levantar este problema sério que acontece aí em sua cidade. Isso revela consciência social, que é algo que anda em falta atualmente.
    Está mais do que na hora desses políticos se tocarem e trazerem soluções efetivas para diminuir essa sujeira. Talvez campanhas de conscientização ou até mesmo punições.
    Além do que é importante tocarmos nessas questões relacionadas ao meio ambiente, pois a destruição dele é algo problemático para um futuro próximo.

    Ah... sobre a viagem. Apesar dos incidentes foi legal sim. Ocorreram coisas boas também.^^

    Te adoro .

    Beijos!

    http://solucomental.blogspot.com
    http://ladobdiscotrash.blogspot.com

    P.S.:Estou colocando seu link lá no Lado B.

    ResponderExcluir
  41. Tenho um selo para vc lá no meu blog...
    É o selo “Laranja”

    Abraço

    ResponderExcluir
  42. ta mais pra dançando na enchente.
    abraços!

    http://wallnosekai.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  43. Talvez o assunto não me impressione muito - infelizmente - pq no Rio (sem trocadilho) esse aguaceiro é comum.

    No entanto, a falta de infra-estrutura do PP me chama muito atenção há tempos e gostaria, sim, de ver um post/denúncia escrito por uma local (ou quase, no seu caso! rs).

    Principalmente agora, após saber que o Joaquim Roriz distribuiu terrenos desordenadamente, numa óbvia manobra eleitoreira.

    Queremos (seu público ;))uma outra postagem, já!

    P.S.: Sobre o ‘Singin' in the Rain’, não é imperativa a história de que foi usado leite para produzir a chuva no set.

    Como a cena tinha que ser gravada ao final do dia, depois que a iluminação natural desaparecesse, os produtores enfentavam uma pequena seca, pois,naquele horário, dividiam a água com os moradores de L.A. que chegavam em casa e ligavam seus chuveiros, pias, irrigadores de jardim etc.

    Então a produção precisou comprar vários caminhões pipa para fazer a chuva artificial. Alguns alegam que esta quantidade de água não era suficiente e as gotas d'água não imprimiam na película.

    Daí, existe uma LENDA de que fora usado leite para 'engrossar o caldo'.

    Porém, isto sempre foi negado pelos produtores - inclusive pelo Diretor de Produção Arthur Freed e pelo Diretor Stanley Donen.

    ;)

    Kiso

    ResponderExcluir
  44. Olá!
    Vim lhe responder o comentário no blog Grupo Mãos e me deparei com esse seu texto, também bastante ácido e cheio de indignação!
    SIm, é quase impossível não concordarmos e ver que existe um enorme abismo entre o poder publico e o poder do povo!!!
    Não são nenhum pouco parecidos, quando na verdade deveriam ser irmãos gêmeos.
    Adorei a analogia sobre dançar na chuva, fiquei imaginando todos pulando das poças etc.
    Existem duas formas de algo acontecer para melhor:
    primeiro alguém vai ter que se dar muuutio mal nessa avenida. Um acidente ou algo bem sério... pra daí sim chamar a atenção (tarde demais)
    ou a população transeunte buscar se mobilizar e sinalizar "HEY daí de cima... algo precisa ser feito"
    eu, infelizmente acho que só a primeira opção deverá ocorrer... ustamos todos com guarda-chuvas na frente dos olhos, né?!

    ResponderExcluir
  45. rsrsrsrsrsrs
    Muito boa, adorei!! Coitados, hein?XD
    Beijos

    ResponderExcluir

EVITE ENTRAR PARA MINHA LISTA DE DESAFETOS:

Por favor, não gaste o meu tempo precioso, fazendo com que eu leia comentários do tipo "- Legal, passe lá no meu blog!", "Muito bom, adorei!", "Lindo seu blog, visita 'tá?'", "auhuhauhau" ou coisa parecida.

Não busco impressões de alguém que escreve como quem tem uma ejaculação precoce!

Kiso