quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Auto-ajuda = ajude a si mesmo!

por Nat Valarini

"Viver amanhã é muito tarde. Viva hoje" foi a frase que surgiu para mim hoje no Orkut, enquanto me questionava sobre certos assuntos espinhosos. Isso me levou a crer que há um complô para que eu vá pelo caminho tortuoso (quem tiver que entender, já sabe do que se trata!).
Voltando ao assunto, as frases encontradas principalmente em literatura de auto-ajuda, não são a solução para os seus problemas, funcionam como pequenos gatilhos que disparam apenas aquilo que há no seu interior, ou seja, a resposta está dentro de nós mesmos. Entregar a sabedoria otimista nas mãos de um cético imutável é garantia de perda de tempo, por exemplo: se afirmar para um homem que está prestes a se matar que aquela não é a solução , a única coisa que o impedirá é o fio de esperança que ainda resta nele e não uma mera frase.
Trocando em miúdos: não adiantaria nada abrir um livro e encontrar a citação "Sorria, pois a vida é bela!" se você estiver convicto de que existir não vale a pena, ou seja, se a própria pessoa não estiver aberta à mensagem, o ensinamento não surtirá efeito algum.
Antes que meus ‘fãs ao contrário’ venham mais uma vez dizer que sou radical e que exemplifiquem como já salvaram metade do planeta com filosofia de botequim, digo-lhes que não estou desmerecendo a sabedoria popular, apenas afirmo que àqueles que se beneficiam com as frases de efeito estão, antes de tudo, realmente dispostos e suscetíveis a elas, abertos a experimentação e o melhor: talvez não precisem delas, sua necessidade é de um 'algo a mais'. Afinal, há uma máxima que diz: “Nada lhe posso dar que já não exista em você mesmo.”
PS.: Sobre a frase que continua martelando a minha mente eu decidi fazer como a personagem do filme ‘E o Vento Levou’: “É, amanhã eu pensarei nisso, só amanhã, afinal, amanhã será outro dia!”.

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

Creative Commons License
Auto-ajuda = ajude a si mesmo! by Nat Valarini is licensed under a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.
Based on a work at garotapendurada.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://garotapendurada.blogspot.com/.

15 comentários:

  1. Provavelmente a maioria dos leitores não vai compreender o motivo da postagem.

    Digo apenas que é um devaneio, nada mais!

    A autora.

    ResponderExcluir
  2. não sei o que está se passando na sua vida querida
    mas concordo com vc quando diz que as pessoas sao sucetiveis a essas frases de ajuda ou ate a livros ou conselhos
    concordo que quando alguem esta precisando de mudança ou de um bom incentivo, em priemiro lugar ela que tem que ter a consciencia de querer mudar e de aceitar o que vier
    afinal as escolhas dependem primeiramente de nós mesmas, sejam elas boas ou más

    bjusss

    ResponderExcluir
  3. A auto-ajuda funciona. Para os autores deste tipo de literatura, que enchem as burras de dinheiro.

    É que o campo é vasto. Com tantas fobias, estresse, vidas atribuladas, esse é um filão que tende a crescer cada vez mais. Frases bonitinhas e historinhas meigas podem ter lá significados para alguns.

    Mas eu ainda separo a literatura de auto-ajuda, composta hoje por uma grande maioria de picaretas (desculpem os fãs) da sabedoria popular. Certas frases populares vem de geração em geração e costumam carregar um simbolismo maternal, até. Parece algo que mamãe ou vovó dizia...e elas disseram. Constituem-se quase numa verdade.

    Já as frases desses autores, mesmo que parecidas com estas que nós crescemos ouvindo da boca de nossos pais e avós, não cativam. Ao menos para mim. É bem diferente ouvir um "Deus ajuda quem cedo madruga" do meu pai do que de um Richard qualquer lá do outro lado do mundo.

    Enfim, esse comentário também é um devaneio...:D

    bj e te cuida!

    http://grooeland.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. bom, meu princípio é: a maioria das pessoas já sabem o que querem, mas às vezes precisam de um empurrãozinho, e acabam achando que a auto-ajuda mudou a vida dela! :O

    bjos!

    ResponderExcluir
  5. Oi Nat...
    .
    Não te conheço direito mas posso afirmar que senti uma grande angústia vindo de sua parte...
    .
    Não sei se livros de auto-ajuda ajudam mesmo... mas se leitura ajudar, te convido a ler o meu post "MUDANÇAS".
    .
    Mas nada que alguém diga vai fazer você melhorar ou piorar...
    .
    Não sei o que está sentindo, mas te digo... O que você precisa está dentro de você!!
    .
    Beijos!!
    ______________________________________________
    Visite: http://opinenoblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Só acredito no: "Eu posso,Eu quero e Eu faço"...Auto-ajuda não é comigo..

    Aliás...tem presente pra vc no meu blog...já pegou??

    ResponderExcluir
  7. Da hora!
    Na minha humilde opinião, a maioria das pessoas que escrevem livros de auto-ajuda que precisam de ajuda...
    Quando brinco com meus amigos digo que falar besteira ainda não me fez poeta nem filosofo, mas se eu contuinuar assim logo serei pq ouço muita baboseira por aí!
    Esse texto foi maravilhoso, cada vez me identifico mais com que vc escreve!
    Parabens!
    bjO*

    ResponderExcluir
  8. Muito bom, eu concordo totalmente. Eu tive fases ruins na minha vida e percebo que algumas frases que hoje fazem efeito, antes pareciam bobas demais. Também percebi que o impacto vai de acordo com o momento ou situação, digamos que uma mãe diga ao filho: "não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje, a vida é curta" e que outra pessoa no leito de morte diga a ele a mesma coisa, onde e quando isso o tocará fundo?

    ResponderExcluir
  9. Há ainda a questão de que pode-se entender uma frase de efeito ou de auto-ajuda, mas ainda não está apto para compreendê-la.

    ResponderExcluir
  10. Sim, o que precisamos para viver e enteder a vida está realemnte dentro de nós, agora como colocar isso na cabeça de muitos é que é muito difícil. Se agarrar em frases, crenças, livros e tudo mais, é oq ue o povo mais faz. Se soubessem, que há tantos livros dentro de nós, tantas frases dentro de nós, tantas crenças... talvez tudo fosse diferente!!

    Abração

    ResponderExcluir
  11. Concordo quando diz que certas frases prontas são apenas um gatilho para o que já é inato.
    Muito bom texto.
    Abraços

    ResponderExcluir
  12. bem escrito...

    vou linkar amanha.

    bju

    ResponderExcluir
  13. Passei aqui para ver como era seu blog,
    está muito bom.
    e obrigado pelas dicas que você deixou la no meu texto
    até mais
    http://thesecretchronicles.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. o que falou é verdade, nada faz efeito se o próprio ser não acredita naquilo que o impõe...
    o certo é viver o agora, pois o amanha pode ser pior ou melhor pra você, tudo dependerá, na maioria das vezes, de você mesmo...

    adorei tuas palavras

    se der passa no meu blo e e se gostar comente certo?

    www.kaoskotidiano.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Fato! se não estamos abertos à algo, nunca que vai surtir algum efeito em nossas vidas.

    por isso que antes de comprar um livro de "auto-auda" a pessoa tem que ter absoluta certeza de que realmente quer ser ajudada D:

    ResponderExcluir

EVITE ENTRAR PARA MINHA LISTA DE DESAFETOS:

Por favor, não gaste o meu tempo precioso, fazendo com que eu leia comentários do tipo "- Legal, passe lá no meu blog!", "Muito bom, adorei!", "Lindo seu blog, visita 'tá?'", "auhuhauhau" ou coisa parecida.

Não busco impressões de alguém que escreve como quem tem uma ejaculação precoce!

Kiso